Enquete

Você se sente ou já se sentiu assediado moralmente no banco?

Entidades aguardam sentença sobre desconto de dia de greve na Caixa

Exemplo: empregados do Ceará já obtiveram decisão favorável

Foi ajuizada ação contra a Caixa, no dia 4 de maio, pedindo que o Judiciário descaracterize a ausência ao trabalho no dia 28/04 como "falta injustificada”. Essa descaracterização impede que a ausência vá para a ficha funcional e amplie os prejuízos dos empregados.

Outro pedido é que não haja desconto nos salários, e determine à Caixa a utilização do mesmo princípio usado em acordos anteriores: não desconto e compensação das horas. O número do processo é 00205720620175040003.

Exemplo: decisão favorável no Ceará

O Sindicato dos Bancários do Ceará, através do seu departamento jurídico, conquistou na Justiça uma importante vitória para os empregados da Caixa Econômica Federal. Na terça-feira, 9/5, uma decisão da 2ª Vara do Trabalho de Fortaleza proibiu o banco de descontar ausência relativa à greve geral do dia 28 de abril.

De acordo com a decisão, tomando como base o acordo específico dos empregados da Caixa aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho dos Bancários, o banco deve se abster de qualquer desconto relativo à ausência decorrente de paralisação, cabendo tão somente a compensação em jornada suplementar, desde que não superior a duas horas diárias, tal como se procedeu com relação às ausências na campanha salarial.

Fonte: Com informações da Comunicação/Fetrafi-RS e Seeb Ceará

Tags: caixa

Voltar